.
Saúde

Funcionários da Saúde receberão instruções sobre o “coronavírus”

O vírus já matou mais de 100 pessoas e atingiu pelo menos 18 países

A confirmação dos primeiros casos suspeitos de pacientes com o coronavírus deixou a Secretaria de Saúde de Mogi Guaçu em alerta. As unidades de saúde do Município e os hospitais serão informados sobre procedimentos em caso de suspeita da doença.

O vírus já matou mais de 100 pessoas e atingiu pelo menos 18 países. No Brasil, são ao menos nove casos suspeitos, sendo que três deles no interior. A Secretaria de Saúde do Estado continua rastreando qualquer evidência e redobrou atenção às pessoas que retornaram de países mais afetados pelo vírus, como a China.

Por isso, a secretária de Saúde de Mogi Guaçu, Clara Alice Franco de Almeida Carvalho, determinou que todas as recomendações do Ministério da Saúde sejam repassadas às unidades de saúde. E ela pede também para que as pessoas redobrem os cuidados, principalmente as que viajaram a países com registros da doença, como é o caso da China.

“Não temos nenhum caso suspeito. Aliás, sequer temos muitas informações sobre o coronavírus, mas iremos redobrar os cuidados enquanto o Brasil estiver vulnerável a esse tipo de vírus”, disse Clara, durante reunião realizada nesta manhã na Secretaria de Saúde, na presença de secretários, do prefeito Walter Caveanha e do vice-prefeito Daniel Rossi.O coronavírus surgiu com sintomas de uma pneumonia na China, mas matou mais de 100 pessoas até agora. Os sintomas são febre, tosse, dificuldade em respirar e falta de ar.

Em casos mais graves, há registro de pneumonia, insuficiência renal e síndrome respiratória aguda grave. Ainda não há vacina disponível.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios