Polícia

Traficante usava apartamento em residencial popular de Martinho Prado para armazenar drogas

A denúncia é de que traficantes intimidam moradores ao se intitularem como membros de facção criminosa

A Polícia Militar obteve informações na manhã deste sábado (02) de que pelo Condomínio Laranjeiras no Distrito de Martinho Prado Junior dois moradores usavam alguns apartamentos para guardar drogas e que os mesmos se intitulavam membros de facção criminosa, inclusive ameaçavam moradores e cobravam pela “segurança” do residencial.

Diante das informações e já sabendo de quais apartamentos se tratavam, os PMs Sargento Robson, Cabo Garcia, Cabo Mangolin, Soldados Dias, Veridiano e Araújo com apoio do CANIL da GCM de Mogi Guaçu se deslocaram pra o local e conseguiram encontrar em um dos apartamentos um tijolo de quase um quilo de maconha em poder de um homem identificado como Damião.

Ocorrência apresentada na Central de Polícia Judiciária, Damião autuado pelo crime de tráfico de drogas.

A Polícia Civil seguirá com as investigações.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios