Política

Sobrando dinheiro no caixa, Câmara Municipal contrata empresa para filmar sessão por quase R$ 120 mil em 2019, quase R$ 45 mil a mais que em 2018

Após licitação, a empresa da cidade de Poá/SP, Ecotec Soluções Integradas Ltda, mesma a transmitir as sessões no ano de 2018, apresentou o menor preço e vai transmitir as sessões em 2019.

O que causa estranheza, com o mesmo serviço prestado no ano de 2018, conforme consta nos editais dos dois anos, o valor subiu de R$ 74.750.00 em 2018 para R$ 117.150,00 em 2019, é sinal que a crise passa longe da câmara.

No começo do ano legislativo, em fevereiro até hoje, funcionários da câmara vem transmitindo as sessões ao vivo pelo facebook e gravando em alta qualidade, disponibilizando no youtube no dia seguinte. O custo é praticamente zero, já que os responsáveis pela transmissão são do quadro de funcionários da Câmara.

Mas o que realmente chama a atenção é o interesse do povo guaçuano em assistir as sessões online, ou melhor, o desinteresse.

Veja abaixo o numero de acessos nas maiorias das sessões online de 2018.

– Câmara Municipal Mogi Guaçu – Sessão 04-02-2019 – 50 visualizações

-1ª Sessão Extraordinária 3ª Sessão Legislativa 17ª Legislatura – 28-02-2019 – 38 visualizações

– 2ª Sessão Ordinária 3ª Sessão Legislativa 17ª Legislatura – 11-02-2019 – 57 visualizações

– 3ª Sessão Ordinária 3ª Sessão Legislativa 17ª Legislatura – 18-02-2019 – 57 visualizações

– 4ª Sessão Ordinária 3ª Sessão Legislativa 17ª Legislatura – 25-02-2019 – 26 visualizações

– 5ª Sessão Ordinária 3ª Sessão Legislativa 17ª Legislatura – 07-03-2019 – 27 visualizações

Confira nas imagens abaixo o numero de visualizações nas sessões de câmara do ano passado, 2018.

Vale lembrar que os recursos financeiros usados pela Câmara Municipal são proveniente da receita do município, ou seja, do pagador de imposto a verba não utilizada pela Câmara durante o ano é devolvida para a Prefeitura e usada em serviços prestados à população.

Mostrar mais

Artigos relacionados

4 Comentários

  1. Absurdo.
    Com 10% disso a câmara compra e instala o equipamento que precisa e deixa o próprio funcionário da casa para cuidar e manusear, já que se trata apenas de ligar e desligar e ainda só quando acontece a sessão. Não tem lógica esse gasto!

  2. Se esta sobrando dinheiro em caixa, porque a prefeitura não investe em segurança publica?
    A cidade esta passando por seu pior momento referente a segurança, o índice de violência, furtos e trafico nunca foram tão elevados, a criminalidade tem tomado conta da cidade de forma notória e não tenho visto uma resposta a altura nesse sentido.
    Estamos reféns dos bandidos e nada tem sido feito !!! Um absurdo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios