.
Polícia

Homem é preso após agredir mulher cadeirante

O crápula chegou a jogar água quente no rosto da mulher

A violência contra mulheres parece não acabar em Mogi Mirim. O caso mais recente foi registrado no domingo, dia 1, e teve como vítima uma mulher cadeirante. 

O desempregado José Roberto, 67, foi preso, acusado de agredir a companheira, uma mulher de 57 anos, que é cadeirante.

Os GCMs Henrique e Procópio relatam que no final da manhã de domingo foram chamados para um caso de violência doméstica, na Rua Padre José Joaquim de Oliveira Brazi, no Linda Chaib (Zona Leste).

A vítima de início negou as agressões. Mas uma testemunha relatou que ouviu gritos e que a aposentada estava sendo realmente agredida pelo companheiro.

A mulher acabou depois confessando que vinha sendo agredida pelo companheiro, inclusive ameaçada por ele com uma faca.

O homem chegou a jogar água quente no rosto da mulher.

O suspeito foi detido, apesar de negar qualquer ato contra a companheira. A Justiça decretou prisão preventiva.

Fonte: Portal da Cidade Mogi Mirim

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios