Política

Guilherme da Farmácia lança campanha “Câmara Solidária” para arrecadação de cestas básicas

Na presença do Prefeito Rodrigo Falsetti e demais autoridades, a campanha pretende arrecadar no mínimo 500 cestas básicas

Diante desta pandemia provocada pelo coronavírus em que diversas famílias tiveram as suas rendas atingidas, a Câmara Municipal de Mogi Guaçu lançou nesta sexta-feira (16), a campanha de arrecadação de alimentos não perecíveis “Câmara Solidária”.

A campanha já está mobilizando os gabinetes dos vereadores e alguns empresários guaçuanos, que já fizeram suas doações de cestas básicas para dar o pontapé inicial. A ação se estenderá até o dia 30 de abril.

“Nós entendemos que a Câmara como sendo a Casa do Povo deveríamos tentar de alguma forma amenizar o sofrimento das famílias guaçuanas que passam por este momento tão difícil, alimentação é primordial e básico”, pontua o presidente da Câmara, Guilherme de Sousa Campos, o Guilherme da Farmácia (Cidadania).

Participaram também do evento de lançamento da campanha os vereadores e vereadoras, o prefeito municipal, Rodrigo Falsetti (Cidadania), o vice-prefeito, Major Marcos Tuckumantel (PSDB), a secretária de Promoção Social, Leila Ramos, a presidente do Fundo Social de Solidariedade do município, Ana Filomeno, e o padre da Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição, João Paulo Ferreira Ielo, que abençoou os alimentos já arrecadados pelos vereadores junto a empresários e amigos.

“Quero parabenizar o presidente da Câmara, é uma iniciativa fantástica, mostrando que vocês (vereadores e vereadoras) estão muito preocupados com o momento atual”, destacou Falsetti.

Para a secretária de Promoção Social a campanha “Câmara Solidária” traz um alimento de partilha. “O momento está ensinando a gente que acima do partido (político) tem uma cidade, e eu tenho visto a preocupação de cada um em servir os guaçuanos”, disse.

De acordo com o presidente da Câmara a campanha teve início dentro do Legislativo através dos vereadores, mas ela se estende para toda a população que se sinta sensibilizada em ajudar as famílias carentes do município.

“É nosso papel como representantes da população ter essa iniciativa, mas precisamos do apoio de cada um para que possamos efetivamente ajudar essas famílias que estão passando por dificuldades”, aponta Guilherme.

A Câmara Municipal de Mogi Guaçu será o ponto de coleta desta campanha. Todos os alimentos arrecadados serão entregues para o Fundo Social de Solidariedade de Mogi Guaçu, que ficará responsável pela distribuição para as famílias já cadastradas nos programas sociais.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Parabéns pela atitude Sr. Presidente da Câmara.
    Porém toda essa ação deveria ser custeada apenas pelos Srs. que diante o “Fique em Casa” e “Lockdown” obtiveram de seus pagamentos em dia, e não pelo povo qual não tiveram a oportunidade de garantir o alimento de sua família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.