Saúde

Dengue: VE faz alerta para o período de calor e chuva

Nessa época do ano, é essencial redobrar a atenção no combate ao criadouros

A Vigilância Epidemiológica (VE) divulgou nesta segunda-feira, 10 de janeiro, o relatório de casos de dengue no município em 2021. Foram 1.198 notificações, sendo 70 deles positivos atingindo um percentual de 5,84% de casos confirmados. No ano passado, houve o registro de uma morte em decorrência de dengue hemorrágica. Não houve registros de casos de Chikungunya e Zika.

Os números de 2021 foram menores dos registrados em 2020, quando o município fez 6.224 notificações com 1.784 casos confirmados. “Tivemos no ano passado um baixo índice de casos de dengue, uma tendência que percebemos que aconteceu desde que começamos a ter casos de coronavírus. Porém, ao final de 2021 tivemos a confirmação de quatro casos de dengue em 15 dias, o que foi um aumento significativo, fazendo a positividade subir para 16,6% naquele período”, contou a bióloga da VE, Cristiana Monteiro Ferraz.

Segundo os dados, a maioria dos casos está concentrada nas regiões da USF Rosa Cruz, na Zona Sul, com 80 notificações, 25 casos confirmados e 55 negativos e da UBS Jardim Ypê II, na Zona Norte, com 65 casos registrados, 6 positivos e 59 negativos.

É importante destacar que na primeira semana de 2022 já foram notificados seis casos de dengue, tendo um confirmado e outros quatro aguardando os resultados dos exames.

Alerta

Cristiana Ferraz chama a atenção para o período chuvoso, época em que o mosquito Aedes aegypti costuma se procriar. A transmissão da dengue, da Febre Chikungunya e do vírus Zika ocorre pela picada de mosquito Aedes aegypti.  “O combate ao Aedes aegypti deve ser constante, pois a proliferação do mosquito pode ser muito rápida. Por isso, a população deve estar sempre atenta no combate à doença”, reforçou.

A bióloga alerta para a necessidade de atenção aos cuidados preventivos contra a proliferação do mosquito. “Pedimos a colaboração da população na ajuda para eliminar os criadouros e que as pessoas procurem o posto de saúde mais próximo de seu bairro se tiver sintomas de febre, dor de cabeça e dores no corpo”, concluiu a bióloga.

Prevenção e controle da Dengue, Chikungunya e Zika

Manter bem tampado tonéis, caixas e barris de água;

Lavar semanalmente com água e sabão tanques utilizados para armazenar água;

Manter caixas d’água bem fechadas;

Remover galhos e folhas de calhas;

Não deixar água acumulada sobre a laje;

Manter calhas sempre limpas;

Deixar garrafas e recipientes com a boca para baixo;

Limpar semanalmente ou preencher pratos de vasos de plantas com areia;

Tampar as lixeiras;

Limpar os ralos e colocar tela.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.