Cidade

Chuvas constantes atrapalham o serviço de nebulização contra o mosquito transmissor

O mau tempo impossibilitou à Equipe de Controle de Endemias da Vigilância Epidemiológica aplicar nebulização veicular de inseticida na região do Jardim Zaniboni I, II e III e bairros adjacentes na noite desta quarta-feira, dia 13.

A operação de combate ao mosquito Aedes aegypti está programada para ser realizada por três noites seguidas, das 18h às 22h. Como foi adiada na primeira noite, foi reprogramada para as três noites seguintes, ou seja, esta quinta, sexta e sábado.

Duas caminhonetes equipadas com nebulizador veicular estão de prontidão no Pátio Municipal. Uma é da Secretaria de Saúde. A outra é da SUCEN (Superintendência do Controle de Endemias). A operação só não será realizada se voltar a chover.

O mapeamento inclui o Jardim Novo II e os bairros Nova Odessa, Veneza, Boa Vista, desde o Sesi até quadras além da Avenida Suécia e da Avenida das Torres. A primeira nebulização veicular deste ano foi realizada na região central, em fevereiro.

O objetivo da nebulização é eliminar o Aedes aegypti em sua forma alada, já que não é eficaz contra larvas do mosquito transmissor dos vírus de dengue, zika e chicungunya. Contra larvas, a solução é evitar e eliminar possíveis criadouros.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios