Saúde

Agendamento de vacina para gestantes e puérperas com comorbidades começa nesta terça (16)

Covid 19

Gestantes e mães que deram à luz nos últimos 45 dias, acima dos 18 anos e com comorbidades relacionadas pelo Ministério da Saúde (ver abaixo), poderão fazer nesta terça-feira, dia 18 de maio, o agendamento de vacinação contra a Covid-19 em Mogi Guaçu. O atendimento será feito pela central telefônica, no (19) 3811-7275, e pela internet através do site https://vacina.mogiguacu.sp.gov.br.

Os grupos, que tiveram a imunização suspensa na última semana por recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que contraindicou a aplicação do imunizante AstraZeneca/Fiocruz para este público, serão assistidos por novo lote da vacina CoronaVac, entregue hoje ao município.

A vacinação será feita ainda esta semana, a partir de quarta-feira, dia 19, no Centro de Atendimento à Mulher (CAM), instalado na Rua Maria Conceição Chiarelli Silva, 175, no bairro Jardim Novo II. Será necessária a apresentação do Cartão de Pré-Natal, documento oficial com foto e comprovante da condição de risco por meio de receitas, relatório ou prescrição médica. Esses documentos devem ter período máximo de 6 meses de emissão e conter número de CRM e assinatura do profissional.

É importante ainda, se possível, que todas façam o pré-cadastro no site http://vacinaja.sp.gov.br – e que imprimam e preencham previamente, com letras legíveis, a ficha de cadastro manual, disponível em www.mogiguacu.sp.gov.br/cadastrovacina.

Relação de comorbidades segundo o Ministério da Saúde:
• Doenças Cardiovasculares
• Insuficiência cardíaca (IC)
• Cor-pulmonale (alteração no ventrículo direito) e Hipertensão pulmonar
• Cardiopatia hipertensiva
• Síndromes coronarianas
• Valvopatias
• Miocardiopatias e Pericardiopatias
• Doença da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas
• Arritmias cardíacas
• Cardiopatias congênitas no adulto
• Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados
• Diabetes mellitus
• Pneumopatias crônicas graves
• Hipertensão arterial resistente (HAR)
• Hipertensão arterial – estágio 3
• Hipertensão arterial – estágios 1 e 2 com lesão e órgão-alvo e/ou comorbidade
• Doença Cerebrovascular
• Doença renal crônica
• Imunossuprimidos (transplantados; pessoas vivendo com HIV; doenças reumáticas em uso de corticoides; pessoas com câncer)
• Anemia falciforme e talassemia maior (hemoglobinopatias graves)
• Obesidade mórbida (IMC ≥40)
• Cirrose hepática

Fonte: Governo do Estado de São Paulo

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.