.
Polícia

Carreta sem freio derruba muro que mata mulher e fere gravemente adolescente

Fatalidade no Jardim Nova Odessa

No final da tarde deste domingo (18), uma mulher morreu e um adolescente ficou gravemente ferido após serem atingidos pela queda de um muro provocada por uma carreta na Avenida Emília Marchi Martini no Jardim Nova Odessa.

Segundo apurado no local, Fátima Negri Calisto de 57 anos e seu neto E.M.C, 13 anos aproveitavam assombra de um muro de blocos enquanto aguardavam o pedido de açaí que fizeram logo ao lado em um comércio. Momento este que a carreta de uma empresa perdeu o freio sozinha e bateu pelo ladro de dentro do muro, mesmo local que estava avó e neto.

Parte do muro caiu sobre a calçada, e os blocos atingiram em cheio Fátima que morreu na hora, o neto dela apresentou fraturas expostas nas pernas.

Equipes do SAMU estiveram no local e após prestarem os primeiros socorros, conduziram o adolescente ferido para a Santa Casa.

A GCM esteve no local dando apoio, mas a PM que elaborou o boletim de ocorrência. Perícia da Polícia Científica acionada para realizar os trabalhos em busca de apurar as responsabilidades do corrido. Participaram da Ocorrência: Socorristas SAMU: Equipe Avançada: Fabio, Silvia e Bruno Damião. Equipe Básica: Bruna, Corrêa e Debora.

Fotos Exclusivas: John Everte (Não permitida a reprodução sem prévia autorização)

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. A redação ou o jornalista foram capazes de afirmar que a carreta que parou logo ao derrubar o muro estava sem freio? Por que colocar um título sugestivo desses. Não poderia ter sido um erro de manobra do motorista? Ou faz amizade ou faz jornalismo?

    1. Rubens, a matéria está de acordo com o que está escrito no boletim de ocorrência, se você tem alguma informação diferente, procure a Polícia Civil e de seu testemunho, o resto é mimimi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios