Educação

5.681 estudantes da rede municipal participam de avaliação do Saresp

A avaliação foi realizada pelos alunos do 3º, 5º, 7º e 9º anos do ensino fundamental e da 3ª série do ensino médio

Cerca de 5.681 estudantes da rede municipal de ensino participaram nos dias 9 e 10 de dezembro das provas do Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp), aplicado pela Secretaria Municipal de Educação em parceria com o Governo do Estado de São Paulo. A avaliação foi realizada pelos alunos do 3º, 5º, 7º e 9º anos do ensino fundamental e da 3ª série do ensino médio.

No Saresp, os estudantes têm seus conhecimentos avaliados por meio de provas com questões de Língua Portuguesa, Matemática, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e redação. Os resultados são utilizados para orientar as ações da pasta e também integram o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo (Idesp).

“O objetivo do Saresp é produzir um diagnóstico da situação da escolaridade básica do município, visando orientar os gestores do ensino no monitoramento das políticas voltadas para a melhoria da qualidade educacional”, explicou o secretário municipal de Educação, Paulo Paliari.

Ele explicou também que a prova é um conjunto de instrumentos de avaliação disponibilizados às unidades escolares de diferentes redes de ensino paulistas, que oferece indicadores ao sistema de ensino da rede estadual e das redes conveniadas, como é o caso da rede municipal de ensino de Mogi Guaçu.

“É uma avaliação importante porque busca reorientar as práticas e propostas pedagógicas, contribuir para o fortalecimento da formação continuada docente, subsidiar o planejamento e replanejamento escolar e apoiar ações de recuperação e aprofundamento das necessidades de aprendizagem identificadas a partir dos resultados obtidos pelas avaliações”, comentou.

Segundo Paliari, a avaliação externa em larga escala e em nível estadual viabiliza para a rede municipal de ensino, a possibilidade de análise comparativa dos resultados da aplicação das provas do Saresp e daqueles obtidos por meio de avaliações nacionais do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

“Além disso, os resultados da avaliação estadual por integrarem o Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo constituem para cada unidade escolar um importante indicador da qualidade do ensino oferecido tendo em vista, ainda, a necessidade de informar a sociedade e a comunidade educacional sobre o desempenho do sistema de ensino e o aprimoramento dos diagnósticos”, disse.

Para o titular da pasta, os indicadores serão importantes neste novo processo por conta da pandemia da Covid-19. “Com o Saresp poderemos promover o aprimoramento dos diagnósticos a partir do processo de retorno às atividades presenciais nas escolas, avaliando os efeitos da pandemia da Covid-19 e suas consequências no aprendizado dos estudantes”, ressaltou.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.