Cidade

SAMAE realoca redes de água e esgoto na Avenida Nico Lanzi

As obras de reconstrução da Avenida Nico Lanzi seguem dentro do cronograma estabelecido pela SOV (Secretaria de Obras e Viação), com prazo para conclusão em seis meses. Nesta semana, o Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) está realocando as redes de água e esgoto para que as obras prossigam normalmente.

A autarquia trabalha na remoção de dois ramais, um de esgoto e outro de água. Em alguns trechos da avenida, a tubulação passa sob o asfalto e o projeto prevê que todo tipo de tubulação, inclusive o ramal da Comgás e redes de fibra ótica, permaneçam em uma das margens da Nico Lanzi.

A margem esquerda do sentido Avenida Padre Jaime até a rodovia SP-340 será usada para a colocação dessas redes. Futuramente, a previsão é que a Avenida Nico Lanzi seja duplicada e que o acostamento onde se encontram estas tubulações se transforme no canteiro central.

O Samae começou nesta semana a transferir as tubulações de água e esgoto para evitar que, quando estiver concluída, a Avenida Nico Lanzi não sofra interrupções no trânsito e “remendos” no asfalto para a execução de serviços pontuais.

A remoção do asfalto velho, drenagem e a construção de passagens de águas pluviais antecedem a troca de, em média, 80 centímetros do solo, que é instável e arenoso, em toda a extensão de 1.800 da Nico Lanzi.

Além de completa infraestrutura e nova pavimentação, o projeto contempla ampliar a largura da avenida para 10,40 centímetros de uma guia à outra, com duas faixas de trânsito e acostamento no lado direito, no sentido da cidade para a SP 340.

O prazo para a conclusão da obra é de seis meses. O investimento é de R$ 3,5 milhões, sendo R$ 3 milhões do financiamento de R$ 10 milhões que a Prefeitura contratou junto à Caixa Econômica Federal e R$ 500 mil de contrapartida do Município.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios