.
Cidade

Pavimentação da Avenida Nico Lanzi avança e obras chegam na reta final

Tubulação em profunda passagem de águas pluviais, a 13 metros de profundidade causaram complicação, mas já estão prontas

Um dos maiores obstáculos com que a SOV (Secretaria de Obras e Viação) deparou quando do início das obras de reconstrução da Avenida Nico Lanzi foi resolvido esta semana, permitindo a continuidade da pavimentação asfáltica a partir da próxima semana.

Trata-se da maior e mais profunda passagem de águas pluviais, a 13 metros de profundidade no vale que entrecorta a área do Parque Florestal São Marcelo. A tubulação antiga estava destruída e foi substituída por duas linhas de tubos de concreto com bitola de 1.500 milímetros.

Para alcançar e remover a tubulação antiga foi necessário executar uma grande escavação. Até aquele ponto, a Nico Lanzi já recebeu completa infraestrutura, com guias, sarjetas e nova pavimentação no primeiro trecho de obras, a partir do acesso à Rodovia SP 340.

Agora que aquela passagem de água foi reconstruída, com novo aterro e troca de solo, a Construtora Simoso já fez a terraplenagem, construiu guias e sarjetas desde onde parou, compactou o terreno e também já colocou a camada de bica corrida, que serve de base para a capa asfáltica.

Com isso, como a empreiteira já havia construído as guias e sarjetas depois da escavação, no sentido da cidade, a partir de segunda ou terça-feira já será possível pavimentar o segundo trecho das obras, dali até as proximidades do hotel local.

Até esse ponto, todos os obstáculos já foram resolvidos, como a desativação do antigo gasoduto da Congás e relocação de redes de água e esgoto pelo Samae, que ainda tem de desviar essas tubulações dali até a rotatória do Jardim Serra Dourada.

Um pouco mais à frente, em direção à cidade, nas proximidades de um salão de festa e empresas locais, uma nova rotatória começa a ser construída, como parte do projeto da nova Avenida Nico Lanzi. A terraplenagem da área já começou.

O projeto amplia a largura da avenida para 10,40 metros em toda sua extensão de 1.800 metros, considerando as guias e sarjetas, com faixa para acostamento do lado direito, no sentido da SP 340.

O investimento é de R$ 3,5 milhões, somados R$ 3 milhões de financiamento pela Caixa Econômica Federal e R$ 500 mil de contrapartida da Prefeitura.

Mostrar mais

Artigos relacionados

4 Comentários

    1. A Avenida Nico Lanzi não será duplicada, para que isto pudesse acontecer, a IP teria que doar parte do terreno dela e várias desapropriações teriam que ocorrer, mas esta sendo alargada e terá acostamento asfaltado. A Nico Lanzi não é a principal entrada da cidade e sim a Avenida Tancredo Neves. Espero ter respondido.

        1. A IP se propôs no começo, mas refugou. Já os proprietários seria desapropriação, os custos são altos e não há dinheiros do caixa da prefeitura para este tipo de gasto. Mas estive lá, acredito que vai ficar muito bom, mais seguro e iluminada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios