Cidade

Mogi Guaçu terá força tarefa para acolhimento de moradores de rua

Operação Inverno

A Prefeitura de Mogi Guaçu, se antecipando à chegada do frio intenso previsto para os próximos dias, realiza uma força-tarefa para reforçar o acolhimento necessário a pessoas em situação de rua. As ações integradas fazem parte do recém-criado “Centro de Operação Inverno (COI)”. O trabalho de abordagem será feito a partir desta quarta-feira, 28 de julho, até domingo, dia 1º de agosto, das 16h à meia-noite.

Integram a força tarefa do COI as Secretarias Municipais de Assistência Social, Saúde, Segurança, Esporte e Lazer e, ainda, o Fundo Social de Solidariedade, a Defesa Civil, o 26º Batalhão de Polícia Militar, a Guarda Civil Municipal e Centro de Controles de Zoonoses (CCZ), que prestará, neste período, assistência a animais que pertencem aos transeuntes. Uma reunião com os representantes foi realizada na manhã de hoje para traçar estratégias conjuntas de atuação.

“Nossas equipes estarão atentas para monitorar e atender os casos com rapidez, atenção e eficiência”, explica a secretária municipal de Assistência Social, Leila Maria Ramos. “Para os que aceitarem auxílio, realizamos a oferta de alimentação, local para banho e higiene, além de cobertores”.

Segundo dados da Defesa Civil, Mogi Guaçu registrará quedas intensas de temperatura essa semana. A mínima prevista para esta quinta-feira, 29 de julho, é de 2ºC e, na sexta-feira, 30 de julho, de 3ºC.
Em função disso, o município conseguiu junto às entidades assistenciais guaçuanas 100 vagas para acolhimento e, em caso de necessidade, vagas emergenciais para suprir a demanda serão disponibilizadas no Centro Esportivo Juscelino Kubitschek (Ceresc), na Vila São Carlos.

De acordo com o prefeito Rodrigo Falsetti, esse é um trabalho humanitário muito importante de prevenção ao frio rigoroso que está por vir e de proteção da vida. “Além disso, já estamos desenvolvendo na cidade campanhas como a do agasalho e o programa Segurança, Acolhimento e Cidadania, de assistência multidisciplinar a essas pessoas em situação de rua”, disse.

Para o coordenador municipal de Defesa Civil, Carmelito Osório Silveira, a colaboração de todos os envolvidos e da população é fundamental nesta ação. “Nossa função é o gerenciamento do risco e, para isso, fazemos um planejamento de controle para que, junto com todas as secretarias unidas, possamos atender a população”, ressaltou. “Mas o nosso pedido é para que a população colabore identificando casos que precisem de ajuda”.

Operação de Inverno
Data: de quarta-feira, 28 de julho, a domingo, 1º de agosto
Horário de abordagem: das 16h à meia-noite

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.