Cidade

Estudo técnico foi primordial para conquista dos dois viadutos

Rumo ao futuro

Um estudo técnico elaborado pelas secretarias de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (SPDU) e de Obras e Viação (SOV) da Prefeitura de Mogi Guaçu, com participação direta do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) de São Paulo, reconheceu a necessidade da implantação de dois viadutos em Mogi Guaçu.

Os dois dispositivos ligarão bairros da zona leste da cidade à região central, transpondo a linha férrea. Atualmente, as duas passagens estão situadas uma na Avenida Emília Marchi Martini e outra no Jardim Novo I.

Os dois viadutos foram anunciados na manhã desta segunda-feira, dia 15, em ato que reuniu o prefeito Walter Caveanha, deputado federal Márcio Alvino, vice-prefeito Daniel Rossi, vereadores Luciano Vieira, o Luciano da Saúde, Natalino Tony Silva, Jéferson Luís, Francisco Magela Inácio, o Chicão, e Luiz Zanco, além de secretários municipais, outras autoridades e convidados.

Os dispositivos serão implantados ao lado dos outros dos viadutos existentes. “Quero agradecer o apoio da Prefeitura, porque para viabilizar essa obra foi importante ter o envolvimento do Município”, disse o superintendente do DNIT, Roberto Ravagnani.

“Fizemos uma análise que se apoiou na ferrovia, que é o principal foco do DNIT, e mostrar o quanto será positivo para o município. Essa obra possui um valor de positividade de mobilidade urbana muito importante. Tenho certeza que com essa obra será um ganho para todos os moradores de Mogi Guaçu”, disse o superintendente.

Viaduto sobre a alinha férrea nas proximidades do SESI.
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios