.
CidadeGeral

Consumidores protestam por contas ABUSIVAS e Ministério Público abre inquérito contra o SAMAE

A denúncia que o MP acatou e abriu inquérito foi apresentada pelo Vereador Guilherme da Farmácia e é referente a falta de água constante na cidade

Cerca de 70 consumidores do SAMAE que relataram aumentos exorbitantes em suas contas de água no mês de junho estiveram reunidos em frente a autarquia nesta segunda (29). Com cobertura da imprensa regional, o grupo apenas teve como argumento dos responsáveis pelo SAMAE que as contas serão revistas no prazo máximo de 15 dias, mas a garantia de que os valores serão normalizados não houve.

Falta de água

Sobre o requerimento apresentado pelo Vereador Guilherme da Farmácia ao Ministério Público no final da semana passada pedindo medidas cabíveis sobre a recorrente falta de água na cidade junto ao SAMAE, o pedido foi acatado e aberto um inquérito para apurar. Veja o documento abaixo:

Veja os motivos que levaram consumidores a manifestar contra o SAMAE nestas segunda (29).

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios