Geral

Prefeitura acelera manutenção e limpeza em estradas, córregos e canais de área urbana

Força Tarefa

A SOV (Secretaria de Obras e Viação) regularizou e cascalhou em janeiro os leitos de duas estradas da área urbana de Mogi Guaçu que, apesar de não serem pavimentadas, recebem intenso fluxo de veículos.

Paralelamente, a SSM (Secretaria de Serviços Municipais) efetuou a limpeza e remoção de lixo e entulho descartados irregularmente às margens das duas estradas. Uma é a que dá acesso do Jardim Novo à Rodovia SP 342, a outra dá acesso ao Jardim Pansani.

A primeira é parte do trecho remanescente da antiga estrada que ligava Mogi Guaçu a Espírito Santo do Pinhal e a segunda é uma passagem através de uma área do Jardim Canaã, a partir da Avenida das Torres.

Essa passagem serve de acesso não só ao Jardim Pansani, mas também ao Jardim Eldorado e outros bairros relativamente recentes da zona Norte. A SOV utilizou uma moto-niveladora para aplainar e alargar o traçado e depois colocou cascalho.

Os serviços de manutenção e limpeza se estenderam também a córregos e canais. O que mais deu trabalho foi o canal de águas pluviais que entrecorta o Jardim Canaã e o Jardim Santa Cecília.

A SOV precisou utilizar uma escavadeira hidráulica não só para a limpeza das bordas, mas também para retirar grande quantidade de lixo que bloqueava a vazão do canal e contribuiu para o alagamento dos dois bairros em novembro.

Como nas margens das duas estradas, no interior do canal havia grande quantidade de sofás velhos e carcaças de pneus descartados irregularmente. Mesmo depois da limpeza jogaram outro sofá no canal.

Concomitantemente à manutenção da estrada de acesso à SP 342, a SOV realizou a limpeza das margens e do leito de um trecho do Córrego dos Ypês, enquanto a SSM recolheu o lixo próximo da ponte.

Os outros córrego e canal pluvial que a SOV limpou e desassoreou este mês são os entrecortam a área verde da Praça Francisco Marquezi, próximo do Tiro de Guerra e da Estação Rodoviária. Falta apenas esperar secar para retirar o lodo.

A represa do Parque Linear do Córrego dos Macacos também está sendo desassoreada por uma dragline. O serviço só foi interrompido para manutenção da máquina e deverá ser concluído nas próximas semanas.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios