Geral

Hélio Laniado explica o que é para que serve um consultor financeiro!

Muitos não sabem, mas o consultor financeiro exerce grande influência quando é preciso unir os objetivos estratégicos com os operacionais de uma empresa.

 O consultor financeiro é quem irá cuidar do orçamento essencial para dar conta de expansões, investimentos e aquisições estratégicas, por exemplo.

Para escrever um artigo completo sobre esse tema tão importante e esclarecer todas as suas dúvidas sobre o assunto, conversamos com o especialista em finanças e investimentos Hélio Laniado.

Continue conosco e entenda tudo sobre o assunto!

Para que serve um consultor financeiro?

De acordo com Hélio Laniado, um consultor financeiro é o responsável por estudar, analisar e apontar as tendências financeiras do seu negócio, tendo como base os dados financeiros da empresa.

Ou seja, tudo o que diz respeito às finanças ou que tenha um grande impacto para o setor, é um foco em potencial da atuação dessa consultoria. O seu trabalho é traçar uma estratégia para o planejamento financeiro saudável.

Através desse serviço, é possível que os contratantes tenham mais controle sobre os processos da empresa. Assim como também podem entender melhor como vão os negócios.

Sendo assim, um consultor serve para:

  • Analisar o fluxo de caixa;
  • Planejar investimentos;
  • Realizar controle de estoques;
  • Organizar pagamentos;
  • Sugerir distribuições de dividendo aos acionistas e plano de reservas para a empresa passar por épocas turbulentas ou crises.

Segundo Hélio Laniado, a maior parte das empresas geralmente opta por contratar especialistas em finanças apenas quando a saúde financeira está mais crítica, mas o ideal é recorrer a esse serviço o quanto antes para melhor alinhamento estratégico, de processos e planejamento, evitando assim problemas e futuros prejuízos. Veja abaixo alguns ganhos ao contratar um especialista na área: 

1. Renovar das visões da empresa

Um consultor financeiro não trará apenas soluções para os problemas financeiros, como também irá fornecer novas ideias sobre outros casos. Sendo assim, uma das vantagens em contratar esse serviço é a visão mais ampla e experiente que, na maioria dos casos, a pessoa de fora do plano financeiro não tem.

Além disso, caso você pense em colocar em prática uma nova iniciativa, o consultor irá ajudá-lo a avaliar essa implementação e reduzir os riscos de fracasso.

2. Organizar no fluxo de caixa

Um dos principais serviços que um consultor pode oferecer é, sem dúvida, a habilidade de organizar e analisar o fluxo de caixa com maior precisão. Vale notar que, ao contratar esse serviço, o consultor irá definir o seu perfil em dados sobre a capacidade de perda, a situação econômica e os objetivos de sua empresa ou pessoais.

Sendo assim, ele terá mais detalhes a respeito do seu fluxo de caixa e poderá definir um plano adequado. Para então criar o controle de entrada e saída dos recursos, com o objetivo de alcançar a estabilidade.

A grande vantagem é que, com um fluxo de caixa em ordem, será mais fácil lidar com as suas despesas e você poderá até mesmo fazer novos investimentos.

3. Reduzir as despesas

O consultor fornece um plano financeiro que o ajudará a manter o fluxo de caixa em ordem. Assim como também irá ajudá-lo a entender melhor como você gasta o seu dinheiro, para reduzir as despesas de modo adequado.

O consultor irá usar métodos que incluem uma análise detalhada em planilhas sobre as entradas e saídas do dinheiro. E até mesmo a reavaliação do regime tributário, custos fixos e variáveis.

O principal intuito é garantir soluções que sejam mais eficientes para ajudá-lo a entender melhor o que você ainda não conseguiu descobrir sozinho.

4. Equilibrar as dívidas

Para planejar eliminar as dívidas e, como resultado, obter uma vida financeira mais saudável, é preciso que o fluxo de caixa seja suficiente para atender todas as despesas da sua empresa.

Com as dívidas pagas, e o mínimo de despesas financeiras ligadas a juros, é preciso contar com a ajuda de um consultor, que irá fazer um diagnóstico mais amplo e estruturar um hábito de controle das finanças – o que proporcionara inclusive, sobra de caixa para investir.

Vale lembrar que, qualquer empresa pode usufruir dos serviços prestados por um consultor, seja ela de grande, médio ou pequeno porte. 

5. Diminuir burocracia e dificuldades na gestão financeira

Enquanto você dedica seu tempo com processos burocráticos, menos tempo você tem dedicado aos assuntos mais importantes do negócio. Com isso, a produtividade acaba sendo afetada.

No entanto, após analisar a empresa, o consultor poderá reconhecer quais são esses problemas para assim definir soluções que tornam os processos mais fáceis. Portanto, a empresa torna-se mais equilibrada e sua gestão, consequentemente mais simples.

Com isso, o empresário terá mais tempo disponível para dedicar-se a tarefas mais estratégicas e vitais do negócio.

Conclusão

Concluímos então que dispor da orientação de um consultor financeiro é crucial, afinal, é ele quem irá apontar para metas mais reais de acordo com a capacidade financeira da empresa, assim como também poderá evitar prejuízos financeiros e garantir uma série de vantagens. 

Por fim, esse conteúdo foi útil para você? 

Ainda ficou com alguma dúvida sobre? 

Não esqueça de deixar o seu comentário e compartilhar com os seus amigos!

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.