Esportes

Paratléta guaçuano com deficiência visual competirá na 96ª Corrida de São Silvestre

Em São Paulo

Pela primeira vez, Mogi Guaçu terá a participação de um paratleta guaçuano com deficiência visual na Corrida Internacional de São Silvestre, tradicional evento esportivo que sempre acontece no último dia do ano, em 31 de dezembro, nas ruas da cidade de São Paulo. A cidade será representada pelo paratleta Clodoaldo César do Prado, que será guiado pelo atleta e voluntário Marcos Roberto Falsetti.

“Marcos Roberto Falsetti tem experiência em participar de eventos de corrida de rua com alguns resultados expressivos na categoria, porém, como guia de pessoa com deficiência visual também será a primeira vez”, contou o treinador do paratleta guaçuano e assessor da Secretaria de Esporte e Lazer, Maycon Cleber Tomé.

Segundo ele, a Corrida de São Silvestre de 2021, a 96ª edição da história contará com cerca de 22 mil inscritos para participar da prova de 15 km neste ano. “O Comitê Organizador da São Silvestre informou que, em consonância com os órgãos públicos, definiu um público participante de até 22 mil pessoas para esta edição.  Serão mantidos os controles de acesso e os demais protocolos descritos no regulamento devido a Covid-19”, disse Maycon Tomé.

Clodoaldo César relatou que a participação no evento será a realização de um sonho. “Eu e o Marcos Falsetti iniciamos os treinamentos no mês de outubro com a supervisão do meu treinador, juntamente, com parceria com a Associação da Mulher Unimed (AMU), que desenvolve atividades de atendimento social para pessoas com deficiência visual”, comentou.

“A participação dos deficientes em provas de rua é importante do ponto de vista da inclusão dessas pessoas na sociedade, para que todos vejam que temos limitações, mas que elas não nos impedem de praticar esporte”, finalizou o paratleta.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.