Polícia

Ladrão é preso pela GCM com objetos furtado de igreja no Jardim Murilo

A prisão do meliante aconteceu no Jardim Artigiani

GCMs que fazem parte do GAM (Grupo de Apoio com Motocicletas) conseguiram recuperar vários objetos que haviam sido furtados de uma igreja católica no Jardim Murilo.

Os GCMs Rabelo e Neto estavam em um patrulhamento padrão pelo Jardim Novo, quando foram informados, via rádio, sobre um homem moreno, com uma mochila nas costas, que estaria vendendo objetos religiosos.

Após receberem as características físicas do indivíduo, assim como as vestes que estaria usando, os GCMs fizeram rondas pela área. Quando chegaram ao Artigiani, eles avistaram um homem com as mesmas características, sendo que a abordagem foi imediata.

O suspeito foi abordado e no interior da mochila foram localizados um jarro e um lavabo idênticos aos que haviam sido furtados de uma igreja no Jardim Murilo. O homem, de 43 anos, acabou confessando aos GCMs a autoria do furto.

Contou ainda que em uma área verde da rua Rita Aparecida Rodrigues, também no Jardim Murilo, havia escondido outros objetos, produtos do mesmo crime. Os GCMs, com o apoio de outras viaturas da GCM, levaram o suspeito até o local indicado. Na mata, dentro de uma bolsa, os motociclistas do GAM acharam cinco microfones, uma caldeira, um cálice, uma coroa de ornamento de santa e uma base para de cruz.

O ladrão foi conduzido ao plantão permanente da CPJ (Central de Polícia Judiciária) onde foi ouvido, indiciado por furto e liberado em seguida. Os objetos já foram devolvidos à igreja, inclusive o jarro e o lavabo. Para a Polícia, não restam dúvidas que esses objetos seriam vendidos em “biqueiras” ou trocado por drogas.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.