Geral

International Paper Apresenta os Lucros do Primeiro Trimestre de 2021

MEMPHIS, Tennessee – 29 de abril de 2021 — International Paper (NYSE: IP) reportou hoje os resultados financeiros do primeiro trimestre de 2021

DESTAQUES DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2021

•     Lucro (perda) líquido atribuível à International Paper de US$ 349 milhões (US$ 0,88 por ação diluída) no primeiro trimestre, em comparação com US$ 153 milhões (US$ 0,39 por ação diluída) no quarto trimestre de 2020 e US$ 141 milhões (US$ (0,36) por ação diluída) no primeiro trimestre de 2020. O lucro líquido do primeiro trimestre de 2020 incluiu uma cobrança após descontados os impostos de US$ 337 milhões (US$ 0,85 por ação diluída) relativa à imparidade do ativo líquido e à baixa do ajuste da conversão em moeda estrangeira após o anúncio da venda da nossa empresa de embalagens no Brasil.

          Lucro operacional ajustado no primeiro trimestre* (não GAAP) de US$ 299 milhões (US$ 0,76 por ação diluída) em comparação com US$ 296 milhões (US$ 0,75 por ação diluída) no quarto trimestre de 2020 e US$ 226 milhões (US$ 0,57 por ação diluída) no primeiro trimestre de 2020. O lucro operacional ajustado do primeiro trimestre de 2021* inclui um impacto no lucro antes da aplicação de impostos de US$ (80) milhões (US$ 0,15 por ação diluída) relacionado à tempestade de inverno nos EUA.

        Caixa no primeiro trimestre fornecido por operações no valor de US$ 512 milhões em comparação com US$ 649 milhões no mesmo período de 2020.

        Devolução de US$ 331 milhões aos acionistas por meio de dividendos de US$ 202 milhões e recompra de ações no valor de US$ 129 milhões.

        Redução da dívida em US$ 108 milhões.

        Monetização aproximada de US$ 400 milhões em investimentos na Graphic Packaging elevando nossa participação para 7,4%.

“A International Paper obteve ganhos robustos e forte geração de caixa no primeiro trimestre”, disse Mark Sutton, Presidente e Diretor Executivo. “Operacionalmente, tivemos um bom desempenho para mitigar o impacto significativo da tempestade de inverno e dar suporte à forte demanda por parte dos clientes em nosso negócio de embalagens. Olhando para o futuro, vemos o crescimento do dinamismo em nossos três negócios. Esperamos uma forte demanda contínua por embalagens de papelão ondulado e por celulose absorvente e estamos observando um cenário de oferta/demanda muito melhor para papeis para impressão, o que contribui para uma perspectiva mais favorável em 2021.”

Sutton acrescentou: “Estou consciente de que ainda estamos no meio de uma pandemia global. A saúde e a segurança de nossos profissionais continuam sendo nossa responsabilidade mais importante e agradeço o seu compromisso em cuidar uns dos outros e de nossos clientes”.

Os lucros (perdas) operacionais do setor de Embalagens Industriais no primeiro trimestre de 2021 foram de US$ 447 milhões, comparados aos US$ 431 milhões do quarto trimestre de 2020. Na América do Norte, os lucros foram sólidos, pois os preços de venda mais altos de caixas e de papel cartão de exportação foram compensados por um impacto de US$ 75 milhões, causado pela tempestade de inverno. Os gastos com a paralisação da manutenção planejada também foram maiores. Na Europa, os ganhos melhoraram refletindo os volumes sazonalmente maiores no Marrocos e menores custos operacionais, parcialmente compensados por margens médias de vendas mais baixas impulsionadas por custos mais altos do papel cartão.

Os lucros (perdas) operacionais no primeiro trimestre de 2021 do setor de Fibras de Celulose Global foram de US$ 82 milhões, em comparação com os US$ 114 milhões no quarto trimestre de 2020. Os ganhos melhoraram refletindo preços médios de venda mais altos e custos operacionais menores parcialmente compensados por custos maiores dos insumos madeireiros e de energia. Os lucros se beneficiaram da não repetição de uma baixa de ativos no quarto trimestre de 2020.

Oslucros operacionais (perdas) do setor de Papéis para Impressão foram de US$ 80 milhões tanto no primeiro trimestre de 2021 quanto no quarto trimestre de 2020. Na América do Norte, os ganhos foram menores devido aos maiores custos de insumos madeireiros e de energia e às maiores despesas com a paralisação para manutenção planejada, tendo sido parcialmente compensados por custos menores da inatividade econômica. No Brasil, os lucros melhoraram à medida que os volumes de vendas sazonalmente menores e os custos de insumos mais elevados foram mais do que compensados por preços médios de vendas mais altos, menores custos operacionais e impactos favoráveis das moedas estrangeiras. Na Europa e na Rússia, os lucros ficaram estáveis, refletindo custos menores de inatividade econômica e impactos favoráveis das moedas estrangeiras, em grande parte compensados por preços médios de venda menores, uma combinação geográfica desfavorável e maiores custos dos insumos.

INVESTIMENTOS NO MÉTODO DE EQUIVALÊNCIA PATRIMONIAL

Os lucros (perdas) da Joint Venture com a Ilim foram de US$ 49 milhões no primeiro trimestre de 2021, em comparação com os US$ 53 milhões no quarto trimestre de 2020. Operacionalmente, os lucros melhoraram devido ao aumento dos preços de exportação e das vendas no mercado interno de celulose de fibra longa, celulose de fibra curta e de papel cartão e aos menores custos operacionais. Esses benefícios foram parcialmente compensados por volumes de vendas menores. A Empresa identificou um prejuízo cambial não monetário após descontados os impostos de US$ 2 milhões no primeiro trimestre de 2021 (US$ 0,01 por ação diluída) comparado a um lucro de US$ 22 milhões no quarto trimestre de 2020 (US$ 0,05 por ação diluída), principalmente devido à dívida líquida da Ilim cotada em dólares norte-americanos.

Osganhos de participação da Graphic Packaging sobre nossa posição de propriedade de 7,4% foram de US$ 1 milhão no primeiro trimestre de 2021, em comparação com US$ 11 milhões no quarto trimestre de 2020.

DESPESAS CORPORATIVAS

As despesas (receitas) corporativas foram de US$ 25 milhões no primeiro trimestre de 2021, em comparação com US$ (16) milhões no quarto trimestre de 2020.

WEBCAST DE LUCROS

A empresa realizou hoje um webcast para discutir os lucros e as condições atuais do mercado. Um replay somente do áudio estará disponível por 90 dias após a chamada.  Para acessar o replay, disque +1 (404) 537-3406. Quando for solicitado o ID da conferência, digite 4409429.

Sobre a International Paper

A International Paper (NYSE: IP) é líder mundial na fabricação de celulose, papel e embalagens à base de fibras renováveis. Com operações na América do Norte, América Latina, Europa, África do Norte, Índia e Rússia, a IP produz embalagens de papelão ondulado que protegem e promovem produtos e permitem o comércio mundial; celulose para fraldas, tecidos e outros produtos de higiene pessoal que promovem saúde e bem-estar; e papéis que facilitam a educação e a comunicação. Com sede em Memphis, Tennessee, a empresa emprega mais de 48 mil pessoas, atendendo mais de 25 mil clientes, em 150 países. As vendas em 2020 foram de US$ 21 bilhões.

No Brasil, a IP atua nos negócios de papéis para imprimir e escrever, empregando aproximadamente 3 mil profissionais.

O sistema integrado de produção de papel para imprimir e escrever da International Paper no Brasil é composto por três fábricas: duas no Estado de São Paulo e uma no Mato Grosso do Sul. Seus produtos, as linhas de papéis para imprimir e escrever Chamex e Chamequinho e a linha gráfica de papéis Chambril, são 100% produzidos a partir de cultivos de eucalipto certificados.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.