Geral

Como se tornar tradutor profissional?

Para ser um tradutor profissional, como dito acima, é crucial ter um grande controle de sua língua nativa. Por isso mesmo que a maioria das empresas e agências de tradução, dão mais oportunidades para aqueles que são graduados em Letras ou em outras áreas correlatas.

Sendo assim, caso queira ser um tradutor que tenha uma maior vantagem competitiva no setor, o ideal é graduar-se em Letras com habilitação em idioma estrangeiro.

No entanto, nada impede você, formado em alguma outra área, de atuar como tradutor. Além disso, também tem a alternativa de realizar alguma especialização ou pós-graduação nesse setor de tradução.

Embora não seja uma profissão regulamentada aqui no Brasil, o que, em teoria, permite que qualquer pessoa possa executar esse serviços, na hora de contratação, o cliente ou a empresa irá levar em conta o nível de qualificação do tradutor.

Portanto, para atuar nessa área é preciso ter pleno domínio tanto do português quanto da língua que pretende especializar-se, como inglês, por exemplo.

1. Planeje sua carreira de tradutor

Assim como em qualquer outra área , você deverá ter um plano de negócios para auxiliá-lo em sua jornada. Para isso, é preciso que você tenha em mente qual topo de serviço deseja oferecer.

Por ser um mercado bem vasto, há muitos serviços de tradução que podem ser oferecidos, tais como:

  • Tradução;
  • Dublagem;
  • Versão
  • Legendagem;
  • Interpretação
  • Transcrição;
  • Revisão;
  • Audiodescrição;
  • Tradução juramentada;
  • Consultoria linguística;
  • Entre outros.

Além disso, vale notar que ser fluente em algum idioma, não significa que você já esteja apto para atuar na função como tradutor. É preciso especializar-se, estudar e pesquisar bastante.

Também escolha qual área de especialização você deseja atuar. Há muitos projetos de diversos tipos que precisam ser traduzidos, como por exemplo:

  • Área financeira;
  • Médica;
  • Jurídica;
  • TI;
  • Etc.

Sendo assim, se você tiver alguma experiência ou especialização em uma certa área, maiores serão as vantagens que você terá no mercado. Já no caso de tradutor juramentado, saiba que é preciso prestar concurso público para então poder atuar nesse segmento.

Os concursos são organizado pela Junta Comercial da região ou município onde a pessoa reside. Para mais informações a respeito desses concursos, é preciso ir até a Junta Comercial.

É válido notar que esses concursos não acontecem com tanta frequência.

2. Crie seu portfólio

Após decidir-se em qualquer área se especializar, você pode começar a fazer algumas traduções, nem que seja de brincadeira. Por exemplo, você poderá criar um blog bilíngue sobre assuntos que você domina.

Dessa forma você poderá treinar e criar o seu portfólio que, por sua vez, é um dos meios mais importantes para divulgar os seus trabalhos e mostrar a qualidade de suas traduções.

3. Peça ajuda

Outro ponto que pode ser bem útil para tornar-se um tradutor profissional é conversas com outros profissionais do mercado. É possível encontrar tradutores em eventos, palestras, congressos e até mesmo em grupos nas redes sociais.

Além disso, em certos casos, o contato pode acabar se tornando um trabalho. Especialmente caso você pretenda trabalhar como um tradutor freelancer, será preciso contar com a ajuda de parceiros.

4. Aceite trabalhos

Quando se está no começo de sua carreira, é normal que surjam poucos trabalhos e que, por vezes, não compensam em com base na remuneração. Porém, além de ajudarem a construir o seu portfólio, esses trabalhos são importantes para que você adquira mais experiência e faça seu nome no mercado.

E isso vale para uma série de situações, como no caso de algum que te pediu para traduzir um currículo ou um trabalho. Independente de qual seja o trabalho, é necessário que você faça, para quem está no começo de carreira, são ótimas oportunidades.

5. Não minta

E, por último mas não menos importante, nunca minta ou invente traduções que você não fez. Mentir dizendo que tem mais experiência, poderá colocar sua carreira em risco, uma vez que o cliente poderá decepcionar-se com a falta de habilidade.

Seja sempre sincero e cobre um valor que seja adequado ao seu nível de conhecimento. E, lembre-se que a experiência com o tempo, assim como os ganhos.

Conclusão

Viu como tornar-se um tradutor profissional? É preciso de muito estudo e dedicação, além de conhecimento! E você, o que achou deste conteúdo? Foi útil para você? Então deixe o seu comentário e compartilhar com os seus amigos que têm interesse na área!

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.