Cidade

Prefeitura vai gastar R$ 113 mil para reformas da escola na Vila Paraíso

As obras de reforma da EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental) “Antonio Giovani Lanzi” devem ser iniciadas na segunda quinzena deste mês, com prazo de 90 dias para conclusão.

O serviço será executado pela empresa Castro Alves Engenharia e Construção, de Mogi Guaçu, ao custo contratado, através de licitação na modalidade de Tomada de Preços, no valor de R$ 113.155,93, em recursos próprios da Prefeitura.

O prefeito Walter Caveanha assinou o contrato na segunda-feira, dia 3. A CML (Comissão Municipal de Licitações) deve remerter o processo para a SOV (Secretaria de Obras e Viação) nesta sexta-feira, 7, para emissão da Ordem de Serviço.

Uma vez emitida a autorização, o que deve ocorrer na segunda-feira, dia 10, a empreiteira tem até cinco dias úteis para iniciar a obra que, de acordo com o prazo contratual, será concluída no segundo semestre.

O prédio da EMEF “Antonio Giovani Lanzi” foi parcialmente interditado no final de março devido a trincas e fissuras no piso e nas paredes no pavilhão das salas de aula. Por segurança, as aulas foram suspensas por alguns dias.

Desde então, os 400 alunos – 200 do período da manhã e 200 da tarde, em 10 salas de aula – estudam nas dependências das FIMI (Faculdades Integradas Maria Imaculada), no centro da cidade, até que a escola da Vila Paraíso retome as atividades normalmente.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios