Polícia

Um assaltante morre e outros dois são presos em roubo no Itaqui: um morador foi baleado

O fato se deu na manhã desta terça (17)

Uma tentativa de roubo em um chácara no bairro rural do Itaqui, em Mogi Guaçu, acabou com um bandido morto e dois  presos, na manhã desta terça-feira (17). O dono da chácara, o comerciante Eldio de Almeida, 52 anos, levou dois tiros, ao abrir o portão da chácara. Os bandidos entraram e começaram a furtar eletrodomésticos e eletrônicos.

A esposa, C. X. M., 37 anos, lembra que eles ameaçavam a família a todo o momento. Quando se preparavam para deixar o local, um dos bandidos pediu as chaves dos carros da família, um Toyota Corolla e uma picape Fiat Toro. Quando voltava para pegá-las, o comerciante pegou uma arma que estava escondida e atirou contra o bandido.

Ele morreu na hora, caindo na piscina da chácara. Os outros dois tentaram fugir, mas a essa altura uma vizinha que testemunhou a entrada do bando na chácara, já havia acionado a Polícia Militar. Os dois bandidos foram presos pelos PMs Cabo Oliveira e Figueiredo que chegava no local. Um quarto criminoso, que dava apoio do lado de fora, conseguiu escapar de carro, provavelmente um VW Fox prata com alguns pertences das vítimas.

Esse carro, segundo a dona da Chácara, já estava rondando o local há quatro dias. Os dois bandidos presos e o que morreu baleado são de Mogi Guaçu, um deles, identificado apenas como Marcelo “Veio”, ele estava envolvido na morte de um policial militar que morreu na Festa do Peão de Itapira, em 2019.

O comerciante que levou um tiro no ombro e um no abdome foi socorrido por PMs até a Santa Casa. Ele estava lúcido e pediu para um vizinho cuidar da chácara, da esposa e da filha do casal.  As informações, até o momento, é que seu estado de saúde é estável.

Fotos : Rodrigo Fernandes/MGA

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

4 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios