Política

Prefeitura anuncia projeto para a feira livre do Parque Cidade Nova

A mudança deve agradar a todos

O prefeito Walter Caveanha apresentou na tarde desta segunda-feira, dia 22, o projeto da nova feira livre de Mogi Guaçu, realizada às manhãs de domingo, no Parque Cidade Nova.

A proposta da Prefeitura de Mogi Guaçu é destinar um espaço no canteiro central do Parque Cidade Nova, margeado pela Avenida Júlio Xavier, no trecho situado entre a Avenida Bandeirantes e a Rua Lotário Teixeira.

O pré-projeto foi discutido com o vice-prefeito Daniel Rossi, os vereadores Luciano Firmino Vieira, o Luciano da Saúde, Jéferson Luiz, Luiz Zanco, Thomaz de Oliveira Caveanha, Francisco Magela Inácio, o Chicão, Luiz Carlos Kappa e Elias dos Santos, além dos secretários de Serviços Municipais (SSM), Luiz Martini Neto, e de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (SPDU), Luiz Henrique Bueno Cardoso.

Nesta segunda-feira foi apresentada o esboço a uma comissão de feirantes e de moradores do Parque Cidade Nova, que convivem atualmente com a feira às manhãs de domingo.

A ideia é trabalhar com a construção da feira no canteiro do Parque Cidade Nova, que receberá pavimento no trecho central onde serão montadas as barracas – um espaço para a área verde será preservado.

O piso asfaltado servirá também para o deslocamento de veículos que transportam mercadorias e produtos. O projeto contempla a construção de sistema de galerias de águas pluviais e a instalação de rede elétrica para as barracas.

A nova feira livre contará com 270 barracas, todas padronizadas, em um espaço maior do que já é oferecido pela Prefeitura, através da SSM (Secretaria de Serviços Municipais), aos domingos de manhã. O público também terá espaço maior para transitar entre as barracas.

O investimento será de R$ 1 milhão em recursos obtidos via financiamento. O projeto que autoriza o Município a obter esse crédito será encaminhado em regime de urgência para a Câmara.

APROVAÇÃO

O prefeito e a equipe técnica da Prefeitura ouviram sugestões de feirantes quanto à disposição das barracas, acesso de veículos para a distribuição de mercadorias e produtos, localização de espaços para gêneros alimentícios, banheiros públicos, estacionamento, etc.

Durante a semana, esse mesmo espaço poderá ser usado para atividades multiuso de esportes, lazer e apresentações culturais. Sem falar que o piso asfaltado poderá ser utilizado como estacionamento de veículos para os comércios da região.

“As duas reuniões, uma com feirantes e outra com moradores, contribuíram para a formatação do projeto. Sendo aprovado pela Câmara, acredito que em seis meses teremos um espaço adequado para uma feira que já é grande e poderá crescer ainda mais, mostrando o esforço e o trabalho dos feirantes de Mogi Guaçu”, disse o prefeito Walter Caveanha.

Os moradores elogiaram a iniciativa e apoiaram o projeto da Prefeitura, que valoriza ainda mais a feira livre, que dispõe de 219 barracas atualmente, além de outros quase 90 feirantes que estão na fila de espera.

Mostrar mais

Artigos relacionados

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios