.
Política

Pastor Elias deixa a Câmara, assume a “importantíssima” Secretaria de Cultura e deixa cargo para o suplente Ivens

Mudanças inesperadas

O Vereador Pastor Elias do Santos, atualmente filiado ao PL ( Partido Liberal ) se licenciou do cargo de Vereador, o qual foi reeleito na última eleições com 2000 mil votos, ele deixa o cargo para assumir a Secretaria de Cultura, que estava sem um titular desde o falecimento do secretário Luiz Carlos Ferreira, em 22 de fevereiro.

Para o lugar do Pastor Elias, assume o primeiro suplente da chapa, Ivens Chiarelli, ele já foi Vereador por quatro mandato e ex diretor do CEGEP (Centro Educacional Guaçuano) “Governador Mario Covas” nos últimos quatro anos, Ivens Chiarelli estará de volta na Câmara de Mogi Guaçu a partir da próxima segunda-feira, dia 8.

O fato de o Pastor Elias se licenciar e assumir em seu lugar o Ivens Chiarelli é até normal, mas o momento de quedas drásticas no orçamento municipal, aliado ao fator de que a Cultura em Mogi Guaçu no momento de Decreto mantém fechados teatros e o Centro Cultural, não sendo permitido aglomeração de pessoas, inviabilizando a pasta, qual seria a útil função de Pastor Elias na Secretaria? É a pergunta que surge?

Pastor Elias levará seus assessores juntos? Qual o retorno para o pagador de imposto de Mogi Guaçu, que viu no mês de maio queda na receita em R$ 9 milhões? Sem dizer que a Prefeitura não vem recolhendo o INSS e Fundo de Garantia do Servidor Municipal.

Com certeza este fato vai gerar muita reclamação entre os vereadores de oposição á atual Administração. A próxima sessão de Câmara é na segunda, dia 08, as 19h00 e será transmitida ao vivo pelo Canal da Câmara no Youtube e pelo Facebook.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios