.
Saúde

Otite: saiba quais são as causas da dor de ouvido e como tratar

A popular dor no ouvido pode levar à surdez e ser sinal de um problema sério

A perda auditiva é um problema entre 14% da população do Brasil, de acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde). Isso resulta em 28 milhões de brasileiros. Uma das principais causas da perda de audição são as infecções de ouvido, como a otite, popularmente conhecida como dor de ouvido. 

A otite pode ser causada por diversos motivos, especialmente o acúmulo de secreções no ouvido. Embora seja um distúrbio comum em todas as faixas etárias, quando não tratada propriamente pode levar à complicações, como problemas de audição. 

Em crianças e bebês, otite é um problema comum e pode ser recorrente. “Em bebês, a doença geralmente é causada por bactérias, e causa desconforto e choro aos pequenos”, explica o Dr. Thiago Zago, médico otorrinolaringologista. O problema pode ser desencadeado por episódios de resfriados e gripes. 

Ainda de acordo com especialista, em adultos e idosos, a doença pode ser consequência de outro problema. “Pode ser um indicador de infecções, ou, em casos mais graves, lesões no canal auditivo”. 

Há, de forma geral, dois tipos de otite, e eles variam pelo lugar da infecção. A otite média, tipo mais conhecido da enfermidade, é muito comum em bebês e crianças, costuma surgir após resfriados e gripes. A inflamação, nesse caso, é no ouvido médio e é mais comum no período mais frio e mais seco do ano. A otite crônica, forma mais grave da doença, pode ocorrer quando há perseverança dos sintomas por mais de 3 meses.

Já a otite externa vai do canal do ouvido até a membrana do tímpano, e normalmente decorre do mau uso de instrumentos como cotonetes e exposição repetida ou prolongada à água. Dessa forma, ao contrário da otite média, a otite externa é mais comum nos meses mais quentes e úmidos do ano.

Seja qual for o tipo de otite, dores de ouvido não tratadas podem acarretar graves problemas. Assim que os primeiros sintomas aparecerem, é recomendado procurar um otorrinolaringologista. 

Sobre o médico

Com apenas 30 anos de idade, o Dr. Thiago Zago já acumula um vasto currículo. Em 2013 se formou em medicina pela Unicamp e em 2017 terminou sua especialização em otorrinolaringologia e cirurgia de cabeça e pescoço, também pela Universidade Estadual de Campinas. De 2010 a 2012, fez iniciação científica com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, a FAPESP.

Esteve em três países para estudar e conhecer novas técnicas em sua área. Durante os anos de 2016 e 2017 estudou em Harvard, nos Estados Unidos, para se especializar em cirurgia endoscópica de ouvido e cirurgia endoscópica de seios da face e tuba auditiva. Na França e na Suíça, estudou sobre microcirurgia de ouvido e Implante coclear e cirurgia endoscópica de ouvido e base de crânio, respectivamente. 

Dr. Thiago tem sua clínica em Mogi Guaçu, mas também atende pelo Hospital São Francisco, localizado na mesma cidade. 

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios