.
CidadeGeralSaúde

Mogi Guaçu tem o primeiro caso do #víruschinês registrado; ele é jovem, está isolado e passa bem

Quanto ao comércio, a determinação é que fique fechado até segunda, dia 06 de Abril

Mogi Guaçu tem 28 casos notificados de coronavírus, sendo um positivo, dois pacientes descartados e um óbito suspeito, de acordo com boletim divulgado às 18h desta segunda-feira, 30 de março, pela Secretaria de Saúde.

O caso paciente é de um jovem guaçuano que esteve em trânsito por aeroportos brasileiros e fez exame particular. Ele está em isolamento domiciliar e passa bem. O óbito suspeito de coronavírus registrado na noite de domingo, 29, aguarda resultado de exame do Instituto Adolf Lutz.


Comércio segue fechado pelo menos até a próxima segunda-feira

Decisão tomada em conjunto pelos prefeitos e associações comerciais de Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Itapira, Estiva Gerbi e Conchal manteve o fechamento do comércio, pelo menos até a próxima segunda-feira, dia 6 de abril, exceto os serviços e atividades essenciais que constam em decreto publicado semana passada pelo Município.

A proposta é garantir que o isolamento seja respeitado e que as pessoas não se aglomerem nos centros comerciais. O prefeito Walter Caveanha fez contato por telefone no sábado, 27, com os prefeitos Carlos Nelson Bueno, de Mogi Mirim, e José Natalino Paganini, de Itapira. Em pauta, foi discutida a proposta de manter o fechamento do comércio, seguindo orientação do Governo do Estado.

Nenhuma cidade tomou decisão isolada, justamente para não prejudicar o trabalho de enfrentamento ao coronavírus. A proposta é seguir com o isolamento das famílias em casas, exceto trabalhadores de indústrias e aqueles que buscam serviços essenciais.

Já na tarde desta segunda-feira, 30, representantes das entidades comerciais se reuniram em Mogi Mirim, com participação de secretários municipais de Mogi Guaçu por videoconferência. Ficou decidido que, pelo menos até a próxima segunda-feira, o comércio segue fechado, aguardando novas orientações técnicas quanto à manutenção ou não da quarentena. Daqui a uma semana será avaliada a situação, que dependerá do mapeamento dos casos em toda a região e também das diretrizes de trabalho adotadas pelo Ministério da Saúde e pela Secretaria de Estado da Saúde.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios