Geral

Família expressa gratidão para bombeiros após atendimento que salvou vida de jovem

Justa Homenagem

A família do jovem José Rafael de Campos, vítima de um acidente de trânsito ocorrido em 16 de abril de 2016 na Vicinal Mogi Guaçu/Itapira recebeu neste mês os Bombeiros que o socorreram para mais uma vez mostrar toda a gratidão, Rafael só está vivo graças aos esforços do Sargento Lobo, Cabo Sieve e Soldado Menezes que além da rapidez no socorro, não mediram esforços para reanimar Rafael até que o mesmo estivesse aos cuidados de um médico na Santa Casa.

Veja o relato do pai de Rafael, José Dorival de Campos:

“No dia 16 de abril de 2016, a história do meu filho José Rafael e minha família mudou. Devido a um acidente de moto gravíssimo ao qual a vítima era meu filho. O Sargento Lobo descreve com clareza como foi este acidente. Mas enfim estiveram lá para socorrer meu filho, que sem hesitarem salvaram a vida do Rafael. Hoje agradeço a Deus por ter colocado estes anjos da guarda em seu caminho, aos médicos e enfermeiros da Santa Casa, pela atitude que salvou sua vida. Não tem preço o que fizeram pelo Rafael, ele está vivo aqui do nosso lado lutando se recuperando graças a atitude desses bombeiros heróis.  Eterna gratidão a vocês Lobo, Sievi e Menezes”.

Leia o relato do Sargento Lobo sobre as palavras de gratidão do pai de Rafael:

“Realmente fomos iluminados por Deus, onde, no circo da ocorrência, deparamos com a vítima poli traumatizada com ênfase na região craniana, com sinais vitais inconstantes, apresentando epistaxe e otorragia, vindo logo após, já no interior da viatura, vez que decidimos por transporte imediato por não haver disponível apoio avançado terrestre e aéreo, a evoluir para parada cardiorrespiratória, quando iniciamos as manobras de ressuscitação, sendo que a insistência e esforço hercúleo de todos, fez com que revertêssemos tal parada. Com máxima rapidez e com a devida cautela, seguíamos para a Santa Casa, vez que o acidente se deu há aproximadamente vinte e cinco quilômetros do hospital mais próximo, na vicinal Mogi Guaçú/Itapira, quando, mais uma vez, tendo em vista a extrema gravidade, a vítima evoluiu para outra parada cardiorrespiratória, onde novamente, com a insistência árdua da equipe, já na porta do hospital, tendo um socorrista sobre a maca, para que não houvesse lapso temporal sem a devida ressuscitação, frente ao estado físico consumido da equipe após longo tempo de manobras, mais uma vez, o monitoramento apontou que a vítima reestabeleceu suas funções vitais, quando enfim, adentramos as instalações indo até a sala emergência junto ao corpo clínico que já nos aguardava na calçada, momentos em que auxiliamos o médico até mesmo na intubação e medicação, para que os aparelhos estabilizassem a vítima.  O esforço foi tanto que precisamos de um tempo e ingerir muito líquido para que enfim, conseguíssemos nos reestabelecer física e psicologicamente para preparar a viatura para seguirmos o nosso turno. Mas que, na presente data, ao vermos a alegria e gratidão exacerbadas de todos os membros da família do Rafael, fez coroar nosso árduo trabalho, provando que nosso treinamento incessante e espírito do verdadeiro Bombeiro de alma, o qual, iluminado por Deus, nasceu predestinado a salvar vidas, são as coisas que mais valem aos honrados homens pertencentes às fileiras do Corpo de Bombeiros” (Equipe: Sargeto PM Lobo, Cabo PM Sieve e Soldado PM Menezes)

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar