.
CidadeCotidianoGeral

Acumulado de chuva foi de 141,5 mm em 72 horas; vazão do rio está mais baixa

Pleno controle

A Defesa Civil emitiu um novo boletim da situação das chuvas em Mogi Guaçu. Nas últimas 72 horas foi registrado índice de 141,5 mm, enquanto a vazão do Rio Mogi Guaçu, no início da noite de terça-feira, 11, chegou a 354 metros cúbicos por segundo.

Na manhã desta quarta-feira, 12, a vazão está abaixo de 320 metros cúbicos por segundo na PCH (Pequena Central Hidrelétrica) situado no bairro Cachoeira de Cima. Por causa do índice pluviométrico elevado nas últimas 72 horas, a Defesa Civil decretou estado de atenção. Porém, não houve ocorrências mais graves.

A vazão elevada no final da tarde de terça-feira foi em decorrência do excesso de chuvas no sul de Minas Gerais nos últimos dias, que elevou o nível do Rio Mogi Guaçu em nossa cidade.

Moradores de regiões ribeirinhas da Vila Bertioga e Vila Maria receberam visitas de integrantes da Defesa Civil e da Guarda Civil Municipal, que prestaram esclarecimentos sobre a preocupação da Administração Municipal caso o nível do rio continuasse subindo. Porém, a AES tietê teve pleno controle sobre a vazão do rio, evitando que transtornos fossem causados à população.

Na manhã desta quarta-feira, a Defesa Civil constatou que o nível baixou aproximadamente 1 metro. A corporação manterá a realização de vistorias nas áreas de risco do município. A Defesa Civil mantém, ao lado das secretarias municipais, a operação Chuvas de Verão ativa até o dia 31 de março.

Boletim Informativo e Meteorológico da Defesa Civil Mogi Guaçu – 12/02/2020

Dados Pluviométricos Estatísticos desde Ano de 2016

Mês 02/2016 Mês 02/2017 Mês 02/2018 Mês 02/2019 Mês 02/2020
148 mm 68,30mm 113,40mm 151,70mm 234,70mm até 12/2
        Aumento em torno de 56% só no período de 12 dias

Vazão do Rio na PCH/ AES-Tietê desde Ano de 2016

Mês 02/2016 Mês 02/2017 Mês 02/2018 Mês 02/2019 Mês 02/2020
2.955,90 m³/seg. 1.916m³/seg. 1.821,80m³/seg. 1.382,10m³/seg. 1.706m³/seg. até o dia 12/2
Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios